Ir para o conteúdo

Livros de colaborador da revista Educação Pública são lançados por editora da Alemanha

Revista Educação Pública

Marcelo Bittencourt Jardim, que possui vários trabalhos publicados na revista Educação Pública sobre suas experiências como educador físico, psicomotricista e professor, acaba de publicar dois livros na Alemanha, pela Novas Edições Acadêmicas: O perfil do atleta de futebol na categoria de base: um estudo da cultura brasileira e Educação Especial e Educação Física: artigos de experiência profissional.

Educação Especial e Educação Física: artigos de experiência profissional é seu segundo livro publicado; relata suas experiências e seu trabalho como psicomotricista e educador físico nas áreas da Educação Especial e Educação Física em comunidades carentes no Rio de Janeiro, no trabalho como personal trainer embarcado em plataformas de petróleo e gás da Petrobras e com treinamento personalizado em uma empresa de Niterói.

O livro pretende mostrar a importância que a Psicomotricidade e a Educação Física exercem na promoção da qualidade de vida e na autoestima de sujeitos com deficiências em comunidades socialmente desfavoráveis, em empresas offshore e onshore e na Educação, comprovando que o educador físico é uma figura muito influenciadora na vida desses indivíduos e que o movimento e o afeto são aspectos básicos fundamentais para o desenvolvimento de movimentos psicomotores, na questão social-afetiva e na cognição na formação do sujeito.

O livro O perfil do atleta de futebol na categoria de base: um estudo da cultura brasileira é o 3º livro de Marcelo; relata os possíveis caminhos que os educandos percorrem para um possível êxito na carreira profissional do futebol de campo. Esse estudo foi seu trabalho de conclusão de curso (TCC) na graduação em Educação Física, em 2010.

Essa pesquisa foi publicada no site do Conselho Federal de Educação Física como referência de trabalho em 2014; em 2015, o resumo foi publicado na revista Lecturas de Educación Física y Deportes, de Buenos Aires. Marcelo foi atleta profissional de futebol de campo registrado na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e na Federação de Futebol Profissional do Rio de Janeiro (FERJ).

Este trabalho pretende mostrar a importância do estudo na vida desses alunos que almejam o estrelato do futebol, a fortuna e o reconhecimento, incentivando-os a não deixar os estudos por causa da carreira e a conciliar a área acadêmica com o objetivo de ser atleta. O livro objetiva apresentar uma pesquisa cultural e direcionar crianças, adolescentes e jovens do Brasil, ao mostrar que a grande maioria dos atletas registrados e profissionais do Brasil não recebe salários milionários; pelo contrário, tem remuneração entre um e três salários mínimos. E quando esses jovens chegam à idade de se aposentar como atleta (que pode ser a partir dos 35 anos) não têm perspectiva nem formação acadêmica e ficam à mercê da ociosidade e de outros fatores de risco que podem prejudicar seu futuro.

Marcelo é docente e membro do Comitê Editorial Internacional da Revista ODEP, da Universidad de Los Lagos, em Santiago (Chile). Tem ainda vários artigos publicados na Argentina e é citado na base de referência de pesquisa acadêmica internacional na Editora Elsevier – Scopus.

Publicado em