Educação

  • A visão dos intérpretes de libras sobre a inclusão de alunos  surdos em eventos de divulgação científica na escola

    A visão dos intérpretes de libras sobre a inclusão de alunos surdos em eventos de divulgação científica na escola

    A inclusão de alunos surdos nas escolas regulares provoca sempre apreensão, pelas necessidades especiais que eles demandam. Nesta pesquisa, fica claro, pela informação vinda dos seus intérpretes de Libras, que o uso de elementos imagéticos contribui para o entendimento deles do que está sendo apresentado e provoca mesmo o interesse pelo protagonismo e a construção do seu conhecimento.

  • Aprendizado individual e aprendizado social: da interdisciplinaridade à metacognição na formação do sujeito

    Aprendizado individual e aprendizado social: da interdisciplinaridade à metacognição na formação do sujeito

    O aprendizado acontece quando a pessoa interage com o ambiente à sua volta, incluindo seus similares. O processo de aprendizagem é dialético e contínuo, interdisciplinar. E quanto mais interações a pessoa tiver, maior será a amplitude desse processo. Eventos negativos provocam entraves e traumas que podem durar o resto da vida.

  • Inclusão:  afeição, respeito e transformação

    Inclusão: afeição, respeito e transformação

    Falar de inclusão social e escolar merece ternura, sem perder a precisão teórica. “Para além da inclusão” trata do tema devolvendo para a sociedade os resultados de pesquisas. A inclusão exige a criação de caminhos para o conhecimento, sem preconceitos e com cooperação.

  • Você sabe interpretar um exame de sangue?

    Você sabe interpretar um exame de sangue?

    A análise de resultados de um exame de sangue pode ser uma excelente oportunidade para repensar o processo de ensino-aprendizagem, motivando professores e alunos em atividades que provoquem a construção do conhecimento de todos e um novo olhar sobre o cotidiano – especialmente em relação a doenças e características individuais apresentadas num hemograma.

  • A fotografia como recurso didático

    A fotografia como recurso didático

    A produção de imagens transforma o espaço urbano; com isso, a produção fotográfica, como registro do momento e das transformações do espaço, é um recurso didático que não pode ser descartado na prática docente. Uma das formas de exploração da fotografia está na criação e produção de fotos em sequência, como nas fotonovelas. Nesse processo, os alunos produzem e consomem o conhecimento.

  • As perspectivas profissionais do curso de Pedagogia: uma análise bibliográfica dos campos de atuação do pedagogo

    As perspectivas profissionais do curso de Pedagogia: uma análise bibliográfica dos campos de atuação do pedagogo

    Quais as perspectivas profissionais do curso de Pedagogia? Quais os campos de abrangência educacional em que o pedagogo atuará? O objetivo é estudar as perspectivas profissionais pelo curso de Pedagogia e os campos de atuação do pedagogo. Esta é uma pesquisa bibliográfica na qual utilizamos como autores principais Libâneo, Tardif e Pimenta. O trabalho aborda as formas de acesso ao ensino superior, a escolha profissional, o curso de Pedagogia e o que fazem os pedagogos.