Tecnologia

  • Estudando função afim na palma da mão

    Estudando função afim na palma da mão

    Este
    artigo mostra uma experiência de ensino de função afim, abordando as produções
    de estudantes do 1º ano do Ensino Médio de um colégio do Rio de Janeiro. As
    atividades foram planejadas para apresentar a relação entre função afim, seus
    coeficientes e a representação gráfica usando o software GeoGebra. Percebemos
    que com a utilização do software os alunos conseguiram compreender melhor a
    construção de gráficos e o comportamento dos coeficientes da função estudada.

  • A inserção de tecnologias no ensino de Física

    A inserção de tecnologias no ensino de Física

    A interação do aluno com a natureza que o cerca é essencial para o processo de ensino-aprendizagem. A Física, como disciplina do Ensino Médio, deve assegurar a competência investigativa dos alunos. Nesse contexto, a tecnologia móvel vem alcançando proporções cada vez maiores.

  • O ensino de literatura e o uso de recursos tecnológicos no Ensino Médio

    O ensino de literatura e o uso de recursos tecnológicos no Ensino Médio

    De que forma o uso de tecnologias de informação e comunicação pode contribuir para o ensino de Literatura? Por meio de pesquisa bibliográfica, são discutidos aspectos das tecnologias aplicadas à educação, o papel da Literatura no Ensino Médio e formas de utilização da tecnologia nas aulas, com sugestões de processos e ferramentas.

  • Tempo, cérebro, tecnologias

    Tempo, cérebro, tecnologias

    Esta é a era do vício digital, o ambiente virtual é um mundo cheio de novas possibilidades; na internet há várias provocações às conexões neuronais que podem levar a diferentes configurações na relação do sujeito com os outros e consigo mesmo. Mas não se deve condenar as tecnologias ao limbo dos maus agouros dos dias de hoje.

  • Neurociência e os desafios  em sala de aula

    Neurociência e os desafios em sala de aula

    A Neurociência pode ajudar a revalorizar o mundo educacional; professores devem ser estimuladores de potencialidades e inteligências, a fim de desenvolver os aprendentes, estabelecendo comportamentos de acolhimento e de desafios.

  • Desafios da educação e o professor como mediador no  processo ensino-aprendizagem na sociedade da informação

    Desafios da educação e o professor como mediador no processo ensino-aprendizagem na sociedade da informação

    Na sociedade do conhecimento, é fundamental que o professor esteja preparado para atuar como mediador pedagógico, não aceitando mais o papel de única fonte de informação para o aluno, que tem acesso a diversos recursos tecnológicos.