Ir para o conteúdo

Escola sem partido, escola sem ensino

Proposta que vem sendo discutida no Brasil em todos os níveis (federal, estadual, municipal), a chamada “Escola sem partido” é considerada ameaça ao ensino escolar, por criminalizar a prática docente que for considerada “doutrinação”. Este artigo de Fernando Penna, publicado na Revista de História da Biblioteca Nacional, conclui que o resultado da pressão a favor dessa proposta é “uma escola sem voz e sem sentido”.

Publicado em