Biblioteca

Filtrar os artigos

Pesquisar na Biblioteca

Selecione uma ou mais opções

Nível de ensino

Selecione uma ou mais opções

Natureza do trabalho

Selecione apenas uma opção

Categoria de Ensino

Selecione uma ou mais opções

Ciências Ambientais

Ciências da Saúde

Ciências Exatas e da Terra

Ciências Humanas

Educação

Letras, Artes e Cultura

Políticas Públicas


Filtros aplicados:

Categoria de Ensino: Espaços Urbanos; Política Cultural; Política Educacional
Limpar filtros
Riquezas e curió(sidades) de Paracambi
Botânica, Ecologia e Meio Ambiente, Zoologia, Biologia e Biociências, Antropologia, Instituição Escola, Vivências de Sala de Aula, Cidadania e Comportamento, Espaços Urbanos, Política Cultural e Política Educacional

O Parque Natural Municipal do Curió (PNMC) em Paracambi é um fragmento da Mata Atlântica; foi criado em 2009 e ocupa 913 hectares (ITPA, 2010). Ainda que seja bastante significativo, os moradores da cidade pouco conhecem os recursos naturais abrangidos nessa unidade de conservação. Infelizmente, a flora, a fauna, rios e águas subterrâneas sofrem ação antrópica negativa, seja por caça e retirada ilegal de espécimes, seja por incêndio e poluição direta na vegetação, nos rios e no entorno.

O direito à educação: o princípio da igualdade e a efetividade das ações afirmativas
Direito, Avaliação e Política Educacional

Este artigo tem como objetivo demonstrar a efetividade das políticas públicas no acesso e permanência no Ensino Superior, no que tange às ações governamentais nas universidades públicas federais. Pesquisaram-se fundamentos que seriam as bases para justificar a propositura de ações afirmativas dentro do contexto educacional relativo ao nível superior de educação, trazendo para seara da discussão princípios, conceitos, reflexões. A proposta desse artigo foi examinar os efeitos do sistema de ações afirmativas dentro das universidades públicas federais e como ele deve ser revisto principalmente no que diz respeito à permanência dos discentes e suas reais condições perante o princípio da igualdade dentro do direito social à educação.

Filtrando a responsabilidade ambiental
Botânica, Ecologia e Meio Ambiente, Agronomia, Biologia e Biociências, Geologia, Química, Instituição Escola, Vivências de Sala de Aula e Espaços Urbanos

O filtro de óleo lubrificante é uma peça necessária para manter o bom funcionamento do motor de veículo. Existe legislação que preconiza a logística reversa; os fabricantes devem realizar coleta e tratamento desse tipo de resíduo, mas a maioria das oficinas mecânicas e postos de gasolina desconhece essas normas e o filtro é descartado juntamente com o lixo comum, causando poluição no solo, na água e doenças graves. Este projeto incentiva o trabalho, crescimento econômico inclusivo e sustentável, incentivando fabricantes, comerciantes e clientes a usar a fitorremediação, uma técnica que pode ser utilizada para reverter esse quadro e reduzir o surgimento de doenças oriundas do consumo de alimento e água contaminados por metais presentes no óleo lubrificante.

Legislação educacional: um estudo sobre a Resolução nº 08/07 Câmara de Educação Básica - CEB, do Conselho Estadual de Educação (CEE-AL)
Política Educacional

O presente trabalho realiza análise acerca da Resolução CEB-AL nº 08/07, que regulamenta a implantação do Ensino Fundamental de nove anos, e promove mudanças em diversos aspectos, principalmente no que se refere à forma de promoção dos alunos. O texto da Resolução demonstra preocupação em evitar a distorção idade-série e propõe formas de acompanhamento para aqueles alunos que são promovidos e têm dificuldade de aprendizagem. Entretanto, verificou-se que ela não é cumprida de forma integral e que, ao mesmo tempo que beneficia o alunado, compromete – se não total, pelo menos parcialmente – o processo de ensino e aprendizagem.

Refletindo sobre o sistema de cotas no Rio de Janeiro como acesso à universidade pública
Formação de Professores e Política Educacional

Há defensores e adversários das políticas de cota em vigor no Brasil, ambos os grupos com seus argumentos. Sabe-se, entretanto, que esse sistema não resolve o problema estrutural da Educação no Brasil; procura amenizá-lo, além de reduzir os abismos sociais que nossa sociedade apresenta.

O olhar dos professores sobre as avaliações externas e seus impactos nas práticas pedagógicas
Formação de Professores e Política Educacional

Avaliações externas redirecionam metas para as unidades escolares pelo bom desempenho das escolas; as avaliações têm o objetivo de relacionar a permanência do aluno na escola com a qualidade do processo ensino-aprendizagem. Enem é apontando como uma das principais avaliações, que pedem estratégias para melhorar as habilidades dos alunos na busca de bons resultados; outros veem essas avaliações como um ranking que gera desigualdade e competição entre escolas ao invés de trazer melhorias.

Reforma do Ensino Médio é retrocesso para a educação
Formação de Professores e Política Educacional

A nova Lei do Ensino Médio, proposta para ser aprovada em tempo recorde sem ampla discussão pela sociedade e por educadores, tende a aumentar a distância entre o que é oferecido à fatia da população com acesso a escolas particulares e o que é trabalhado nas escolas públicas, que continuarão sofrendo com problemas de infraestrutura e falta de professores.

Análise das propostas curriculares para o Ensino de Nutrição no Estado do Rio de Janeiro
Formação de Professores e Política Educacional

Para atender às determinações do Currículo Mínimo de Ciências e Biologia, ainda que este não explicite ou oriente como devem ser feitas as práticas, o ensino de Nutrição deveria priorizar conteúdos mais atuais e relevantes para os alunos, que valorizassem as questões sociais e culturais do assunto.

Políticas públicas de combate ao racismo e as estratégias militares: o aproveitamento do êxito
Formação de Professores e Política Educacional

As políticas públicas de combate ao racismo colocadas em vigor nos governos Fernando Henrique Cardoso e Lula utilizaram o processo de “cooptação voluntária” para alcançar seus objetivos, privilegiando o multiculturalismo, mas não foram objeto de avaliação por quaisquer critérios.