Biblioteca

Filtrar os artigos

Pesquisar na Biblioteca

Selecione uma ou mais opções

Nível de ensino

Selecione uma ou mais opções

Natureza do trabalho

Selecione apenas uma opção

Categoria de Ensino

Selecione uma ou mais opções

Ciências Ambientais

Ciências da Saúde

Ciências Exatas e da Terra

Ciências Humanas

Educação

Letras, Artes e Cultura

Políticas Públicas


Filtros aplicados:

Categoria de Ensino: Antropologia; Arqueologia; Comunicação; Direito; Economia; Filosofia; Geografia; História; Psicologia; Sociologia; Teologia
Limpar filtros
A Filosofia no ProEMI encontra o pensamento radical
Filosofia

Uma atividade envolvendo Filosofia e Ciências, dentro do Ensino Médio Inovador, mostra que o professor deve respeitar o esforço do aluno e manter uma postura aberta, para que a turma alcance suas sínteses.

O protagonismo juvenil e as aulas de História: uma necessidade frente aos desafios dos tempos atuais
História

Criar uma prática de estudo ativo de História não é fácil, mas, utilizando aspectos da cidadania, é possível desconstruir conceitos prontos e dar protagonismo aos estudantes – especialmente nas Ciências Humanas.

História e cultura afro-brasileira dialogando com a língua inglesa numa perspectiva interdisciplinar
História

A discriminação social está presente também na escola, e é preciso trabalhar alunos e professores para que ela deixe de existir. Uma experiência interdisciplinar discute essa situação estuda uma série de TV, uma variante do inglês e produção de textos.

Um exercício reflexivo-argumentativo: a escolha de um modelo historiográfico dentro das possibilidades mais utilizadas na academia
História

O estudo da história da Escola Normal Carmela Dutra, localizada na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, que teve como modelo, em sua criação, o renomado Instituto de Educação, pensado por Anísio Teixeira e Fernando de Azevedo em 1932.

Ler, escrever, ouvir, pensar e falar criticamente: uma contribuição da Filosofia para a formação discente no Ensino Médio integral
Filosofia e Formação de Professores

Para priorizar o protagonismo dos estudantes, é preciso prepará-los para serem sujeitos de seus processos, especialmente com a capacidade de “ver o mundo”, conforme Paulo Freire, e a pluralidade proposta por Hannah Arendt.

Por uma escola desescolarizada
História

Professor das redes públicas municipal e estadual prefere os alunos que são considerados “rebeldes”, pois considera que esses trazem a oportunidade de mudar a escola. Para ele o mais importante é ensinar a “pensar criticamente”.